(11) 2682 6633 / 99457-3485


O Medidor de Vazão

O medidor de vazão de fluidos é um instrumento muito requisitado na indústria pelo fato de estar diretamente ligado ao desperdício e controle de processos. Em muitos processos industriais ele é tão importante que tecnologias são aplicadas para suprir as necessidades de compensação para que o medidor de vazão apresente valores reais de indicação e totalização. Estes valores reais são alcançados através de adoção de fatores de compressibilidade nas condições de referência de operação, passando pela densidade e a pressão de referência em valor absoluto.
É importante conhecer exatamente o processo em que o medidor de vazão será aplicado e conhecer muito bem os tipos de instrumentos disponíveis para controlar esta variável no processo. Um exemplo de como esta escolha pode impactar é de um gasoduto, que tem um custo de U$S0,50 por metro cúbico e por dia é transportado até 20 milhões de metros cúbicos. Se o instrumento apresentar um erro sistemático de 1%, estima se que o prejuízo possa chegar a um valor de U$S100.000,00 por dia. Por isso para que a escolha seja correta, considerar temperatura, pressão e a exatidão indicada para o sistema, são fatores importantes e necessários.
A falta de conhecimento e de capacitação também são fatores que influenciam no controle da vazão, por isso comprar um medidor de vazão de qualidade e instalar não é garantia de controle adequado e preciso. É preciso verificar as recomendações de manutenção e calibragem do fabricante e estar atento a eventuais problemas, tais como erros aleatórios causados por variações temporais e espaciais, erros sistemáticos, erros grosseiros causados por falhas humanas na operação ou interpretação equivocada de resultados obtidos, erros de inserção que tem origem na montagem do sistema de medição com mais de um instrumento ou erro de paralaxe (no caso de instrumentos analógicos, devido ao ângulo de visão na hora de coletar a informação no visor do medidor).
Por isso, além da escolha correta, a instalação deve ser feita por mão de obra qualificada e os operários responsáveis pelo setor da produção em que o medidor está instalado, deverão receber treinamentos e instruções de como operar e analisar as informações fornecidas pelo instrumento. Analisar as informações com o proposito de ser capaz de identificar os erros citados acima, e solicitar a manutenção ou a calibração do instrumento, o quanto antes, para que o prejuízo seja o mínimo possível.