(11) 2682 6633 / 99457-3485


Vazão

Por definição, vazão é o ato ou efeito de vazar, ação ou feito de esgotar o líquido de um vaso ou recipiente, volume de um fluido que escoa por unidade de tempo através de uma determinada seção transversal de uma tubulação ou canal, cuja unidade no sistema internacional é o metro cubico por segundo (m3/s). Nos processos industriais, a vazão é a terceira grandeza mais medida e o controle de vazão tem um número elevado de aplicações partido controle de ar comprimido até fluidos de alta viscosidade. O medidor de vazão é um instrumento bastante comum, por exemplo, no controle do consumo do gás de cozinha, nas bombas de abastecimento de etanol ou gasolina, no hidrômetro que calcula o volume de água consumido nas residências, dentre muitas outras aplicações. Este controle permite precificar o volume consumido de vários tipos de fluidos importantes para a economia e para a indústria.

Mas além da precificação, a vazão é importante na determinação da eficiência de alguns aparelhos, como os ventiladores. Sem o controle da vazão não é possível instalar sistemas de ventilação que proporcione o conforto desejado para ambientes pequenos, médios e grandes de forma eficiente, ou seja, instalar o equipamento que irá proporcionar o conforto desejado com um consumo de energia o mais baixo possível. Com os aparelhos de ar condicionado a situação é semelhante, pois não adianta instalar um aparelho com elevada potência, mas com uma baixa vazão, desta forma o consumo de energia vai ser muito elevado para promover o conforto térmico desejado.

Para cada aplicação de controle de vazão, deve ser levado em conta alguns conceitos relativos aos fluidos, que causam influencias diretas nesta medição. Estes conceitos são o calor específico (que é a quantidade de calor necessária para mudar a temperatura de 1 grama de determinada substância, em 1°C), a viscosidade (definida como a resistência que um fluido oferece ao escoamento em um duto qualquer), o Número de Reynolds (e um número adimensional utilizado para determinar o tipo de escoamento, podendo ser lamelar ou turbulento), a distribuição da velocidade dento de um duto (pois no interior do duto, a velocidade do fluido não será a mesma em todos os pontos) e o tipo de regime de escoamento (laminar ou turbulento) . Estes conceitos são muito importantes, pois determinando exatamente a característica do escoamento durante a vazão, é possível aplicar controladores que trabalham com máximas eficiência e precisão.