(11) 2682 6633 / 99457-3485


Transmissor de vazão

A vazão é uma grandeza de elevada importância nos processos industriais. Diz-se que esta é a terceira grandeza mais medida, ficando atrás, apenas de pressão e temperatura. Assim, as aplicações da medição de vazão são muitas, que podem ser simples, como a vazão de água em estações de tratamento e residências, até mais complexas, como a medição de gases e combustíveis industriais, por exemplo.

Desta maneira, podemos medir vazão como a quantidade volumétrica ou mássica que escoa através de uma seção tubular por unidade de tempo. Apesar do conceito simples, algumas características dos fluidos medidos podem influenciar nesta medição, como: calor específico, viscosidade, regime laminar ou turbulento, entre outros.

Para a correta medição da vazão existem vários tipos de medidores e transmissores de vazão. Dentre eles, os podemos citar: o Transmissor de vazão por pressão diferencial, o Transmissor de vazão termal, entre outros.

O Transmissor de vazão por pressão diferencial trabalha com sensores capacitivos que verificam a pressão aplicada e fazem uma relação com a capacitância gerando um valor de vazão. Os sensores capacitivos possuem alta confiabilidade, respostas lineares e são, praticamente, insensíveis a temperatura, sendo assim, excelentes para medição de vazão em diversos fluidos.

Já o transmissor de vazão termal ou por balanço térmico trabalham mais com gases. Estes funcionam utilizando um diferencial de temperatura constante para medir o fluxo de massa. Este transmissor de vazão possui um sensor de fluxo de massa térmica com dois detectores de temperatura. Eles são aquecidos e o sistema mede o efeito do resfriamento gerado pelo fluxo do gás. É um equipamento de excelente precisão quando se trata de transmissor de vazão.