(11) 2682 6633 / 99457-3485


Transmissor de Nível

A altura do conteúdo de um reservatório de modo que seja possível mensurar o volume estocado do produto, determinando e controlando a quantidade de material disponível é o que podemos chamar de nível. A medição desta característica é conceitualmente simples, porém deve ser realizada de maneira adequada, utilizando técnicas avançadas, de modo que não ocorram erros de medição, minimizando assim custos operacionais. Existe uma grande variedade de sistemas de medição de vazão, como o visor de nível e o transmissor de nível, por exemplo, tendo cada um suas vantagens e desvantagens.
A medição de nível pode ser realizada de maneira direta (mede-se a distância entre o nível do produto e um referencial previamente definido), indireta (mede-se o nível de maneira indireta, em função de alguma grandeza física relacionada a ela, como pressão, condutividade…) e descontínua (indica apenas quando o nível atinge valores pré-estabelecidos, como o marcador de um automóvel, por exemplo).
O transmissor de nível é um equipamento capaz de medir o nível, na maior parte das vezes de maneira indireta, por meios capacitivos e ultrassônicos, por exemplo, e encaminhar estes dados através de sinais de transmissão que podem ser analógicos ou digitais. O funcionamento do transmissor de nível, normalmente, utiliza a condutividade do líquido que está sobre seu controle, utilizando uma corrente elétrica para controlar a saída e a entrada de líquidos, condicionando a conexão entre os líquidos controlados e medindo os níveis dentro dos tanques ou reservatórios. Ao realizar a medição, o transmissor de nível envia estes dados a um computador, por exemplo, de modo que possam ser feitas todas as análises adequadas referentes ao volume de fluido disponível nos tanques.
Desta forma, o transmissor de nível é um equipamento de grande importância para a indústria pois, devido às exigências do avanço tecnológico, cada vez mais são necessários processos mais exatos e controlados, de modo a otimizar custos.