(11) 2682 6633 / 99457-3485


Sensor de Nível e seus tipos

Antes de se falar sobre o sensor de nível, primeiro é necessário verificar os conceitos de nível e medição de nível. Em resumo, nível, quando pensamos em fluidos, ou sólidos granulados, conforme definição do Dicionário Michaelis, é o grau de elevação relativa de uma linha ou de um plano horizontal. Desta forma, a medição de nível é a maneira como é controlado determinado fluido ou sólido granulado dentro de um recipiente específico.

Por exemplo, se pegarmos um copo, enchermos de líquido e colocarmos uma régua dentro dele, saberemos a quantidade de milímetro inserida dentro do copo. Isto é uma medição de nível. Já na indústria, a medição de nível exige precisão, exatidão e repetibilidade, pois diversos processos industriais dependem da quantidade correta de fluido ou sólido granulado em um reservatório.

Desta maneira, o sensor de nível é o dispositivo ou equipamento utilizado para controlar líquidos ou sólidos granulados armazenados em recipientes abertos ou pressurizados, como reservatórios, tanques, silos, entre outros. O sensor de nível, basicamente, detecta o nível de líquidos em reservatórios através de um sinal enviado por sensor, que pode ser uma boia ou um sensor ultrassônico, por exemplo.

Para a medição de nível, diversos são os tipos de sensores disponíveis, podendo ser: sensor de nível indutivo, sensor de nível capacitivo, sensor de nível fotoelétrico, sensor de nível laser, sensor de nível de radar, sensor de nível ultrassônico, sensor de nível magnético, sensor de nível por transdutor linear, entre outros.

Desta forma, sabe-se que cada tipo de sensor de nível tem suas vantagens e desvantagens, de modo que não existe um tipo capaz de atender todas as características de medição de nível. Para a utilização do sensor de nível do tipo correto, devem ser avaliados diversos fatores como a capacidade de medição, robustez do elemento, custo, dificuldade de instalação e manutenção, treinamento dos operadores, entre outros.