(11) 2682 6633 / 99457-3485


Medidores de vazão magnéticos

A vazão é o termo utilizado para definir o volume ou massa de um determinado fluido que passa por uma determinada seção em um tempo, também determinado. Desta forma, sabemos que a vazão, nada mais é do que a velocidade de escoamento de um volume ou massa. Quando falamos do volume, estamos falando do fluxo volumétrico e, quando falamos de massa, da vazão mássica.
Para realização da medição de vazão, vários equipamentos podem ser utilizados, tais como os medidores de vazão magnéticos, ultrassônicos, de turbina, por Efeito Coriolis, entre outros.
Os medidores de vazão magnéticos são aqueles onde o fluido polarizado por um campo magnético gera uma corrente elétrica, que por sua vez, gera uma corrente induzida. Esta corrente induzida é então captada por eletrodos que compões estes medidores de vazão magnéticos. A maior vantagem deste tipo de medidores é sua insensibilidade à densidade e à viscosidade do fluido a ser medido. Além disso, são medidores ideais para medição de produtos químicos altamente corrosivos, uma vez que eles têm como característica a passagem livre do fluído a ser medido, isto é, não há peças mecânicas para fazer a leitura da vazão, não há contato direto do medidor com o fluido. É excelente também para fluidos com sólidos em suspensão, como lama, polpa de papel, etc. A única restrição para o uso de medidores de vazão magnéticos é a necessidade de o fluido ser eletricamente condutivo.
Os medidores de vazão magnéticos ainda oferecem excelente precisão e baixa manutenção. Pelo fato de não ter contato direto com o fluido os medidores de vazão magnéticos não apresentam problemas de obstrução da tubulação por detritos, o que pode ocasionar no aumento do custo de manutenção.
Além disso, os medidores de vazão magnéticos oferecem outros benefícios, como a medição bidirecional, onde a direção do fluido não influencia na medição, são efetivos para taxas de vazão de alto e baixo volume e são imunes a mudanças nas varáveis de processo.