(11) 2682 6633 / 99457-3485


Automação de Plataforma de Carregamento

Entende-se por plataforma, neste caso, uma instalação que possibilita efetivar uma transação comercial envolvendo combustíveis, o que inclui processamento do pedido, viabilização da entrega da mercadoria em termos satisfatórios para as duas partes, fornecedor e cliente, contabilização da transferência de meios de pagamento, explicitando os direitos no tocante a impostos, e assegurando integridade de dados para fins contábeis.

Segurança operacional

Tratando-se de combustíveis, a segurança deve privilegiar a operação correta (leia-se isenta de vazamentos ou perdas) e segura (leia-se sem riscos de centelhas e explosões). A dosagem, em se tratando de combustíveis aditivados, deve ser fiel à receita contida no pedido, ou seja, adequada para o consumo.

Segurança econômica

Considerando que existem custos e preços diferenciados para os combustíveis e para os aditivos, a fatura deve ser composta corretamente, evitando prejuízos de parte a parte. Igualmente, a remessa deve fazer sentido no estoque, uma vez que inventários e reposições dependem de precisão na dosagem.

Segurança logística

O tráfego de dados depende de diversos níveis de confiabilidade. Isto implica uma tripulação confiável e treinada, sabedora dos protocolos e procedimentos, que devem ser todos cumpridos antes que as válvulas venham a ser abertas, quando os fluidos são bombeados dos estoques para os tanques embarcados. Sistemas informatizados, constantemente conectados com centrais de operação, validam cada passo, confrontam existência de pedidos, existência de pagamento ou de crédito, cumprimento de formalidades, e autorizam ou vetam uma sequência operacional.

Um dos modos operacionais adotados para esta finalidade consiste de smart-cards: são identificadores personalizados, entregues a funcionários de confiança, que liberam uma operação no momento em que recebem a autorização, ou quando constatam a validade das documentações recebidas. Os smart-cards são invioláveis: o acesso aos dados e à sua modificação são restritos por senhas e autorizações diferenciadas, quando não por hardware diferenciado. Um smart-card pode ser facilmente bloqueado pelo proprietário, e geralmente não traz identificação do usuário, sequer a finalidade, ou seja, em caso de extravio, torna-se inútil para alguém desautorizado que venha a encontrá-lo.

Outra maneira de gerir as autorizações baseia-se em protocolo totalmente monitorado via RF. Depende de hardware (periféricos como válvulas eletrocomandadas, sensores digitais e analógicos) com interface para o sistema, respondendo automaticamente a comandos remotos, seja de abertura, seja de fechamento. Abrange válvulas que comandam a saída de combustível, as válvulas de fundo dos tanques, o bloqueio da ignição, além de sensoriar eventos como aterramento, transbordo, temperaturas, densidades, entre outras grandezas.

Segurança patrimonial

Combustíveis são considerados commodities, ou seja, existe sempre mercado carente do produto. Trata-se portanto de mercadoria cobiçada, frequentemente sujeita a furto, mesmo a assaltos ao caminhão e à carga. A existência de protocolos e autorizações para acesso à carga torna-se fator inibidor de atentados ao transporte.

Um enlace de RF, via satélite ou telefonia celular, possibilita a prestação de serviços, para uso próprio ou de terceiros, de rastreamento do trajeto do veículo sobre um mapa situado na tela do monitor, detecção de paradas, pernoites, avaliação da velocidade e das acelerações a que o veículo é sujeito, além de delimitação do perímetro tolerável, no qual é o transporte é autorizado sem caracterizar desvio de rota. Possibilita ainda o intercâmbio de mensagens entre central de rastreamento e cabine, detecção de situações anormais, e a adoção de providências nos caso de sinistros.

Conheça nossos Produtos:

 

Automação de Plataforma de Carregamento

 

 

Sistema de Medição de Produção de Ethanol

 

 

Equipamento para Carregamento de Combustível

 

 

Medidores de Vazão